• Home
  • |
  • Sobre a Autora
  • |
  • Livros
  • |
  • Vídeos
  • |
  • Agenda
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Além do Amor - Capítulo 7




    Capitulo 7

    Penelope

    01 de janeiro de 2013.


    Algumas pessoas costumam dizer que notícia ruim chega cedo. A minha chegou às 00h42.
    Eu tentei manter a calma enquanto Liam dirigia até o hospital para onde Adam foi levado, mas era muito difícil.
    Acidentes de carro pareciam me perseguir, como um carma que cedo ou tarde eu teria que enfrentar.
    O do Cory, o meu até então não "acidente" e agora o Adam. Eu nunca acreditei muito que sorte ou azar existissem, mas minha vida tende a pender para um deles e acho que  esse último gosta mesmo de mim.
     Pedi fervorosamente a Deus que assim como me deu a dádiva de continuar viva, fizesse o mesmo com o homem que eu amo. Em troca eu faria qualquer coisa.
     "Pode me devolver o anel?"
    Pedi quando estacionou em frente ao hospital. 
    Ele parecia reticente, brigando com ele mesmo.
    O  receio em seu rosto  era  justificável, afinal, Liam revelou o segredo que o irmão havia confiado a  ele, só que eu precisava ter a joia comigo, lembrando-me o quanto eu estive a um passo de ser feliz, algo que agora está ameaçado por incertezas.
     "Por favor!"
     "Tudo bem." — Liam entregou quase que em um suspiro.   "Eu já vacilei mesmo."
    Agarro a caixinha como se dela dependesse minha própria vida.
    Os pais de Liam chegaram exatamente no mesmo momento que descemos do carro. Uni-me a Lindsay para lhe dar conforto, mas sentia que eu que precisava de ajuda.
     Liam e o pai seguiram na frente em busca de informações.
    Cada minuto do relógio pareceu uma tortura interminável e cruelmente nos castigou.
    Quando Liam finalmente retornou dizendo que Adam estava bem, foi uma verdadeira festa. Até mesmo Roger, rendeu-se a emoção.
    Não pude vê-lo imediatamente como queria, pacientemente esperei que seus pais fossem na frente. A caixinha presa entre minhas mãos.
    "Por que VOCÊ não faz o pedido?"
    Liam sugeriu ao sentar ao meu lado, na sala de espera.
    "Está dizendo para eu pedir seu irmão em casamento?"
    Olhei-o como se fosse louco.
    "Qual o problema? Por que o pedido tem sempre que vir do homem? Já sabe que a resposta dele é sim, o anel é uma prova disso. Mulheres modernas tomam atitude.
    Mulheres modernas são ousadas e destemidas eu apenas uma garota simples e apaixonada.
    Mas porque, não? Por que não o surpreendê-lo com um pedido de casamento. Certamente o deixaria feliz.
    "Eu farei isso."
    Prendi a caixinha em meu peito.
    "Vai logo garota." Liam me empurrou para o corredor. "Mulheres decidas são sexy demais!"
    Ainda rindo encontrei o Sr. e Sra. Crighton saindo do quarto, em seus rostos um sorriso aliviado que fizeram palpitar meu coração.
    Mas foi o olhar dele que fez meu corpo afundar em um mar de areia movediça.


    ****
     Atual

    Coloco o anel em meu dedo como fiz tantas vezes. Lindo, delicada e  frio. Assim como ficou meu coração quando ele disse não.
    Ainda dói.
    — Oi gatinha — ergo meu olhar rapidamente e escondo minha mão embaixo da minha mesa.
    — Oi gatão — brinco de volta tentando aparentar tranquilidade.
    — Sentiu saudades? — Peter escora na ponta da mesa exibindo um sorriso sedutor. Fico surpresa que o móvel não rache devido ao peso dele.
     — O Sr. Durant não está aqui — informo a ele — Almoço de negócios.
     — Não vim atrás do Neil — ele afasta uma mecha do meu cabelo, fazendo charme e coloca um envelope em cima da mesa — Meu objetivo é você.
    Não, não bonitão, isso não cola comigo.
    — Antes que me pergunte — inicio rindo — A resposta é não.
    Vejo-o suspirar e fazer cara de gatinho sem dono.
    — Tenho que aceitar que eu nunca tive chances. Mesmo que eu tivesse alguém me mataria. — lamenta ele, entortando a boca. — Mas, uma vez na vida deixe que eu acredite que sim.
    — Querido esse alguém não se importa com ninguém além dele mesmo.
    Disfarçadamente jogo o anel em uma das gavetas.
    — Nunca esteve tão longe  — diz ele — Mas não fique irritada, não vim fazer o papel de casamenteiro. Quero fazer um convite.
     — Convite? — indago intrigada.
    Estamos mais próximos agora. Já saímos para almoçar ou tomar café quando ele vem à empresa, gosto de sua companhia e as tentativas hilárias de me conquistar. Eu sei que não levaria isso a fundo. Ele os amigos aparecem ter algum código de honra. Mas jogar galanteios em mim é algo que ele não consegue evitar, não por muito tempo.
    Isso é injusto demais. Eu sei, ele é um galinha, mas um mulherengo lindo que qualquer mulher gostaria de tirar proveito, menos a idiota aqui.
    — Para uma festa esse fim de semana.
    — Uma festa?
    — É, uma festa, bebidas, mulheres — ele sorri preguiçosamente e eu vejo o quanto é encantador, deve ser por isso que nenhuma de suas amantes parece sentir raiva dele. Está escrito conquistador em sua testa. — Mais mulheres. E algumas mulheres também.
    Faço cara de deboche, o que só o faz rir ainda mais.
     — Quem estará lá além das suas mulheres?
    Eu deveria ter perguntado se Adam estará presente, mas além de ser óbvio que sim, eu não quero dar o braço a torcer ao me mostrar interessada.
    — Liam irá — Peter responde.
    — Peter!
     — O Neil não vai. — ele tem um olhar de desgosto — Você deve saber bem o motivo.
    — Peter!
    — Adam irá — com sua mão em meu queixo ele obriga-me a olhar para ele — E você também.
    Claro que eu não vou. Já provei que não sou capaz de resistir a aquele homem.
    — Já tenho compromisso. — minto sem a menor dor na consciência.
    Afasto-me dele e vou para sala do Neil. Preciso de ar e espaço.
     — Eu nem falei qual dia será — ouço sua voz atrás de mim.
     — Tenho compromissos até o fim do ano.
    Bato uma das gavetas, já com a outra como alvo da minha raiva momentânea.
    — Se eu disser que é muito, mas muito importante que você vá — ele sussurro ao pé do meu ouvido. — Faça isso por mim, Charmosa.
    Que homem infernal!
    — Pensei que não era casamenteiro, Peter? — encaro-o sentindo-me frustrada. — Achei que só se preocupasse com sexo.
     — Alguém precisa procriar ou a humanidade se extingue. Que sejam vocês.
    Ah. Que cretino. Desejo muito arrancar esse sorriso lascivo em seu rosto com um esfregão. Por que eu tenho que estar cercada de homens fascinantes e irritantes como Adam e seus amigos convencidos?
    Essa é mais uma prova de que a vida não é justa.
    — Será nesse sábado. E leve a gatinha da sua prima com você.
     — Como você sabe sobre a...
    Vejo-o erguer a sobrancelha com um certo olhar cafajeste antes de colocar os seus óculos aviador e sair sem me dar uma resposta.
    Eu me pergunto o que mais ele sabe, que eu não sei.
    Bato a gaveta outra vez. Pois ele que espere sentado. Nem eu e Juliene iremos a essa festa ridícula. Eu já vi o Peter em ação  e seu amigo não fica tão longe assim, como astros de futebol rodeados  de mulheres fúteis.   Uma coisa é eu imaginar a cena, outra é presenciar isso acontecer bem abaixo dos meus olhos.

    Eu seria capaz de arrancar os olhos de cada uma delas. O que só me colocaria em uma situação embaraçada. Ele já não é mais meu. Acho que nunca tenha sido realmente.

    15 comentários :

    1. Ele é seu sim... E vc é dele...😉😉

      ResponderExcluir
    2. Aí meu Deus isso não vai dar certo!!

      ResponderExcluir
    3. O Peter é hilário rsrsrs Essa festa promete!!!!

      ResponderExcluir
    4. AMO ESSE CASAL!!! ESPERO QUE ELA VÁ E SE ACERTE COM ADAM!!!

      ResponderExcluir
    5. AMO ESSE CASAL!!! ESPERO QUE ELA VÁ E SE ACERTE COM ADAM!!!

      ResponderExcluir
    6. Gostei do capitulo. Peter tem algo em memte. Sera qhe descobriu quem esta fazendo as ameacas?

      ResponderExcluir
    7. Ai quanto sofrimento. Eu amo essa história.
      Quero muito saber como vai ser essa festa....imagino o Peter, gostosão rodeado de mulheres...kkkk...vai ser engraçado o Adam tentando se afastar das mulher pra não dá motivo pra Pê....ansiosa. Beth, bem q vc podia adiantar o próximo capítulo...kkkk

      ResponderExcluir
    8. Perter é fantástico!!!!!
      Queria ter esperança......mas acho que não será dessa vez!!!!
      Depois do reencontro quero 10 capítulos só de amor. Parabéns Elizabeth!!!!!

      ResponderExcluir
    9. Peter um sonho!!!!!
      Ansiosa pelo livro dele.
      Parabéns!!!! Andreza Viude

      ResponderExcluir
    10. Louca por esta festa, será que é dessa vez que eles tem uma recaída e a charmosa engravida? o meu lindo Peter, que homem, nossa apaixonada e será que é dessa vez que o Liam irá conhecer a Juliane? mil perguntas que só você divina autora pode responder.

      ResponderExcluir

    Obrigada por seu comentário. Volte sempre!

    O Preço de um amor

    Book trailer - Seduzida

    BookTrailer